Selecionados jornalistas para bolsas de reportagem sobre agrotóxicos

Pulverização de pesticida em plantação no Paraná: selecionados jornalistas para bolsas de reportagem sobre agrotóxicos (Foto: Adapar / Agência Estadual de Notícias/PR)

Trabalhos jornalísticos serão desenvolvidos nos próximos três meses e publicados pelo #Colabora no segundo semestre de 2022

Por #Colabora | ODS 3 • Publicada em 8 de abril de 2022 - 09:25 • Atualizada em 12 de abril de 2022 - 10:15

Compartilhe

Pulverização de pesticida em plantação no Paraná: selecionados jornalistas para bolsas de reportagem sobre agrotóxicos (Foto: Adapar / Agência Estadual de Notícias/PR)

Os jornalistas Amanda de Oliveira Costa, Daniel Piassa Giovanaz e Martina Medina foram selecionados para receberem as bolsas de reportagem – no valor de R$ 10 mil cada – sobre agrotóxicos, iniciativa da Alter Conteúdo Relevante e do #Colabora, em parceria com a Fundação Heinrich Böll (FHB) Brasil, com objetivo de promover e aprofundar o debate sobre o uso desses pesticidas e suas consequências. Os selecionados terão três meses para produzir suas reportagens que serão publicadas no #Colabora, no segundo semestre.

Leu essa? Tornavoz: programa de segurança jurídica para jornalistas

O Brasil tem atualmente 3.231 agrotóxicos autorizados para comercialização no país, com impactos na saúde e no meio ambiente – apenas em 2021, foram liberados 562 agrotóxicos: um recorde, 14% a mais do que os 490 autorizados em 2020, então a maior marca anual.  Os três produtos jornalísticos foram selecionados – por uma comissão formada por representantes da Alter, do #Colabora e da FHB Brasil, entre 47 propostas apresentadas, abordando os mais diversos tipos de aspectos relacionados aos agrotóxicos. Os selecionados vêm de diversas partes do Brasil.

Amanda Oliveira da Costa é jornalista, documentarista e fotógrafa, formada pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Ainda estudante, ganhou o Prêmio Expocom (Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação) Centro-Oeste 2017 com a reportagem “Esta usted en Territorio Zapatista en rebeldia”  – Nos Altos de Chiapas, indígenas zapatistas ressignificam sua existência e criam novas formas de relações com o mundo. Selecionada no edital Curtas Universitários, dirigiu o documentário de curta-metragem “Acolá, um ser-tão”, co-dirigido por crianças e adolescentes que narram a realidade camponesa da comunidade Sertão, em Alto Paraíso de Goiás (GO). Atualmente produz trabalhos para a Comissão Pastoral da Terra Nacional, entre eles reportagens como as que deram origem à série investigativa “Guerra Química contra as comunidades”, publicadas em parceria com o Le Monde Diplomatique.

Daniel Piassa Giovanaz é jornalista e mestre em História pela Universidade Federal de Santa Catarina. Dirigiu os documentários “A Educação de Pinochet” , durante intercâmbio na Universidade do Chile, e “Bhopal 84” , “O oligopólio da RBS: uma rede contra a democracia” e “Dossiê Lava Jato: um ano de cobertura crítica” . Foi coordenador de jornalismo do site Brasil de Fato e, por cinco meses, correspondente do BdF na Índia, onde cobriu pandemia, direitos humanos e agronegócio.

Formada pela USP e com mais de dez anos de profissão, Martina Medina Cavalcanti já passou pelas redações da Band, UOL, Folha de S. Paulo, Abril, Trip e Vida Simples, antes de priorizar o jornalismo independente.  Em 2020, fez uma reportagem sobre o transporte escolar em comunidades ribeirinhas na Amazônia, com apoio do edital da Jeduca. Em 2021, investigou a educação infantil indígena na pandemia em uma escola do Amazonas através do programa Early Childhood Reporting Fellowship do Dart Center/Columbia University. A reportagem foi publicada no Jornal Joca, o único do Brasil voltado ao público infantojuvenil, onde Martina foi editora por dois anos e atualmente colabora como repórter especial.

#Colabora

Texto produzido pelos jornalistas da redação do #Colabora.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *