Carnaval longe da rua vira apoteose digital

A Passarela do Samba vazia, iluminada em homenagem às vítimas da covid-19: Carnaval em casa. Foto de Alexandre Brum/Agência Enquadrar

O #Colabora oferece um guia de programação das atividades de escolas de samba e blocos do Rio e da Bahia pela internet. Curta bastante - e fique em casa!

Por Aydano André Motta | 1 • Publicada em 11 de fevereiro de 2021 - 22:25 • Atualizada em 17 de fevereiro de 2021 - 09:50

Compartilhe

A Passarela do Samba vazia, iluminada em homenagem às vítimas da covid-19: Carnaval em casa. Foto de Alexandre Brum/Agência Enquadrar

Entre males muito mais graves, o coronavírus conseguiu impedir a realização do Carnaval, no formato convencional da festa – mas “só” nele. As diversas tribos da folia se mobilizaram Brasil afora e, com o auxílio da tecnologia, realizarão eventos virtuais de todo tipo, para mitigar (para usar termo da moda) os efeitos do isolamento em dias tão emblemáticos.

O #Colabora seleciona alguns dos programas, para ninguém se sentir completamente órfão de um paticumbum.

Nesta sexta, às 21h, começa o Boi Beleza, exibição de desfiles históricos das escolas do Grupo Especial no canal Boi com Abóbora, no YouTube. Serão seis apresentações por dia (a segunda, no sábado), selecionadas entre as que não foram campeãs, com direito a um júri que vai “premiar” as melhores depois da maratona. Trabalho dos apaixonados jornalistas Fábio Fabato e João Gustavo Melo e do carnavalesco André Rodrigues, especialistas no assunto.

O Carnaval do Teatro Riachuelo será no canal da casa no YouTube. Começa com os Amigos da Onça, às 21h de sexta, com obras autorais como “Bota a Purpurina no Suvaco e Finge que é Dove” e sucessos de Lulu Santos, Banda Eva, BaianaSystem e Anitta. Domingo, o Cordão do Boitatá promove baile multicultural, a partir das 15h, tocando marchinhas e sucessos de Chico Buarque, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, entre outros.

Na terça de Carnaval o Agytoê comanda a festa, com live que homenageia a cultura baiana, clássicos da origem do samba-reggae e pérolas do axé music da década de 1990, além de sucessos mais atuais.

No sábado, às 11h30, o centenário Cordão do Bola Preta realiza transmissão também pelo YouTube, emulando seu desfile anual na Avenida Rio Branco. Às 17h30, Ivete Sangalo e Claudia Leitte realizam live no YouTube e no Instagram. Às 19h, tem o baile virtual do Céu na Terra, no canal do bloco carioca.

Domingo, às 15h, começa o Viradão do Carnaval Verde e Rosa, no YouTube da Mangueira, com apresentação dos sambas-enredo concorrentes ao próximo desfile da escola. Serão três sessões, até terça-feira. Às 16h, o Bloco da Preta faz seu, também no YouTube. Ao longo do dia, o Carnaval da Sebastiana oferecerá oficinas diversas, no canal da Casaloco. Por volta de 23h, depois do BBB, a Globo exibirá o Desfile Número 1, com clipes de apresentações históricas de 14 escolas por noite (haverá também na segunda), sete do Rio e sete de São Paulo.

No sábado seguinte ao Carnaval, às 18h, haverá o Multibloco Carnaval tá ON, com transmissão pelo YouTube da agremiação.

Desde o dia 10, está no ar, na Amazon Prime, a playlist de nove blocos da liga Sebastiana, no Rio, com músicas que seriam tocadas no Carnaval. Estão lá Barbas, Suvaco do Cristo, Imprensa que Eu Gamo, Virtual, Simpatia é Quase Amor, Gigantes da Lira, Carmelitas, Escravos da Mauá e Meu Bem Volto Já, além de uma lista do bailinho da Sebastiana.

A Bahia, claro, também vai mergulhar de corpo e alma no Carnaval virtual. Nesta sexta, a partir de 19h, no canal da Bohemia no YouTube, Luedji Luna, Gilsons, Gerônimo e Paulinho Boca são os convidados da Live “Moraes Carnaval Moreira” comandada por Davi Moraes. A live vai lembrar os velhos carnavais e homenageará Moraes Moreira, que morreu ano passado.

Terça-feira, às 19h, haverá a live do Olodum, com participação de Margareth Menezes e ilê Aiyê. O show “Uma História dos Carnavais” apresentará os grandes sucessos da banda que completa 41 anos em 2021. Ainda na Bahia, o Circuito MAR terá lives com Ilê Aiyê, Filhos de Gandhy, BATEKOO, Larissa Luz e Nara Couto.

Bom Carnaval, você aí! E se puder, fique em casa!

Aydano André Motta

Niteroiense, Aydano é jornalista desde 1986. Especializou-se na cobertura de Cidade, em veículos como “Jornal do Brasil”, “O Dia”, “O Globo”, “Veja” e “Istoé”. Comentarista do canal SporTV. Conquistou o Prêmio Esso de Melhor Contribuição à Imprensa em 2012. Pesquisador de carnaval, é autor de “Maravilhosa e soberana – Histórias da Beija-Flor” e “Onze mulheres incríveis do carnaval carioca”, da coleção Cadernos de Samba (Verso Brasil). Escreveu o roteiro do documentário “Mulatas! Um tufão nos quadris”. E-mail: aydanoandre@gmail.com. Escrevam!

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *