Ressaca eleitoral

Por Oscar Valporto | Fotogaleria • Publicada em 29 de outubro de 2016 - 18:02 • Atualizada em 30 de outubro de 2016 - 15:42

Compartilhe

A ressaca eleitoral voltou a maltratar a orla do Leblon na madrugada de domingo. Os estragos dos dois dias podem ser a primeira pauta da transição entre Eduardo Paes e o novo prefeito. O deck do Mirante do Leblon está interditado e a ciclovia Tim Maia permanece fechada. Pela manhã, bombeiros e técnicos da Defesa Civil faziam vistoria para verificar se a ressaca havia afetado a estrutura do calçadão. No sábado, ondas de até 4 metros danificaram quiosques e interditaram as  pistas.  A ressaca, causada pela entrada de uma frente fria, levou água do mar e areia até garagens e portarias dos prédios da região.

Oscar Valporto

Oscar Valporto é carioca e jornalista – carioca de mar e bar, de samba e futebol; jornalista, desde 1981, no Jornal do Brasil, O Globo, O Dia, no Governo do Rio, no Viva Rio, no Comitê Olímpico Brasileiro. Está de volta ao Rio após oito anos no Correio* (Salvador, Bahia), onde foi editor executivo e editor-chefe. É criador da página no Facebook #RioéRua, onde publica crônicas sobre suas andanças pela cidade.

Newsletter do Colabora

Nossa newsletter é enviada de segunda a sexta pela manhã, com uma análise do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com conteúdo publicado no #Colabora e em outros sites.

Um comentário em “Ressaca eleitoral

  1. Geraldo Franco disse:

    Vivi no Leblon entre 1942 (quando nasci) e 1975 +-, desde então semelhantes ressacas se repetiam de cinco em cinco anos aproximadamente. Nada de novo para os leblonianos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile